terça-feira, 23 de março de 2010

Encontro Nacional da Canção Infantil - 2010

Em 2003, nosso espetáculo “A Cara do Brasil” foi selecionado para o 6º Encontro da Canção Infantil Latino-americana e Caribenha. Felizes, gratos e surpresos, descobrimos que tal encontro fazia parte de uma série, que vinha acontecendo na América Latina, desde 1994, sob orientação do Movimento da Canção Infantil Latino-americana e Caribenha.

Desde então, passamos a fazer parte do Movimento. Na sequência fomos ao Uruguai (2005), Chile (2007) e México (2009), sempre buscando compreender profundamente a dinâmica desses encontros e do Movimento em si. Então, compreendemos que a proposital não institucionalização do Movimento da Canção Infantil Latino-americana e Caribenha tinha por objetivo principal o estímulo para que seus participantes “tomassem” e não apenas “fizessem” parte do Movimento, ou seja, para que todos se sentissem sujeito desse processo.

É importantíssimo salientar que, nesses Encontros, nenhum artista recebe cachê por sua participação (artística ou acadêmica) e que todos arcam com as despesas de transporte, hospedagem e alimentação. Em geral, os organizadores conseguem, por meio de apoios governamentais e patrocínios, minimizar o custo destas despesas

Conscientes de nossa responsabilidade, realizamos, em junho de 2009, juntamente com o SESC Pompéia e o SESC Ribeirão, o Encontro Internacional da Canção para Crianças. Este encontro, além de nós, teve a participação dos brasileiros Arnaldo Antunes, Fortuna e Coral Infantil do SESC Vila Mariana (“Na Casa de Ruth”), Hélio Zinkind, Palavra Cantada, Rodapião,. Também participaram Cantoalegre (Colômbia), Julio Brum Con Los Pájaros Pintados (Uruguay), Los Musiqueros e Luis Pescetti (Argentina) e Rita Del Prado y Dúo Karma (Cuba).

No segundo semestre de 2009, começamos a articular a candidatura do Brasil para a realização do 10º Encontro da Canção Infantil Latino-americana e Caribenha. Imediatamente tivemos apoio de importantes membros do Movimento e, ao chegarmos ao México para participar do 9º Encontro, quase todos os participantes já davam como certo que o Brasil seria a sede do 10º Encontro.

Na plenária final, além de o Brasil ser unanimemente aclamado, fomos convidados a fazer parte do Comitê Permanente do Movimento da Canção Infantil Latino-americana e Caribenha. Portanto, naquele momento, nossa responsabilidade aumentara sobremaneira. Agora, juntamente com Eugênio Tadeu (organizador do 6º Encontro) e Teca Alencar de Brito, somos representantes do Comitê Permanente, no Brasil.

Muitos artistas e grupos brasileiros também fizeram – outros ainda fazem – parte do Movimento. Entretanto, não fosse a nossa presença no 9º Encontro (México/ 2009), o Brasil não estaria representado. Tal fato nos estimulou a criar, com o apoio do SESC Ribeirão e da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, o 1º Encontro Brasileiro da Canção Infantil, com intuito precípuo de mapear a produção cancional infantil brasileira e, quiçá, fundar o Movimento Brasileiro da Canção Infantil, a exemplo do que já ocorre na Colômbia, Uruguay e Argentina.

Neste Encontro, realizaremos espetáculos, oficinas, palestras mesas-redondas e buscaremos agregar, ao Movimento da Canção Infantil Latino-americana e Caribenha, profissionais brasileiros que se ocupem da canção infantil. Temos também a expectativa de resgatar a participação de artistas, professores e pesquisadores que já tenham participado de Encontros passados.

O 1º Encontro Brasileiro da Canção Infantil, que seguirá os moldes dos encontros realizados nos países acima citados, acontecerá em Ribeirão Preto nos dias 1, 2, 3 e 4 de julho de 2010 e, a princípio, terá o seguinte formato:

Parte acadêmica:

1 Conferência

1 Palestra

2 Apresentações de trabalho

1 Mesa redonda (4 integrantes)

1 Assembleia (todos)





Parte prática:

2 Oficinas

1 Work shop



Parte artística:

2 Pockets shows (sexta e sábado)

3 Shows (domingo)

Desnecessário dizer que este evento – assim como o do próximo ano – é uma grande ousadia de nossa parte, pois não dispomos (ainda) de grandes patrocinadores. Isso quer dizer que contamos com a colaboração e o envolvimento de todos os interessados para que consigamos instaurar um lugar privilegiado para a discussão da produção cancional infantil brasileira. Quer dizer, também, que ele pode se constituir na efemeridade de uma edição ou ser o impulso em direção de uma ação perene em prol de uma produção cancional que respeite a capacidade intelectual da criança. O resultado dependerá da repercussão de nossas propostas.

Até o momento, podemos garantir aos participantes ativos, isto é, os selecionados para realizar alguma das atividades propostas acima, hospedagem, alimentação e ajuda de custo para transporte e traslado. Não cobraremos pela inscrição e ofereceremos opções econômicas de hospedagem e alimentação para os demais participantes.

Continuamos a buscar parceiros para que possamos melhorar o aspecto econômico de nossa proposta, entretanto, salientamos que sua intenção principal é criar espaço para discussão sobre a canção infantil brasileira e, para isso, faz-se necessário o empenho e a doação de todos aqueles que almejam contribuir para sua evolução e divulgação.



Márcio Coelho e Ana Favaretto

Um comentário:

juanna disse...

quando será o encontro de 2011? já tem data marcada? por favor... gostaria de receber novidades sobre a temática do encontro... como faço pra obter informações? abaixo meu e-mail: juannasilvestre@hotmail.com

valeu, bjs! =D