sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Lançamento de livro sobre Arranjo e Canção




"O trabalho de Márcio Coelho, intitulado O Arranjo como Elemento Orgânico Ligado à Canção Popular Brasileira: Uma Proposta de Análise Semiótica, foi redigido como tese de doutorado na área de Semiótica e Linguística Geral da FFLCH-USP e aprovado com distinção e louvor por uma comissão de renomados professores tanto do campo-musical como do campo semiótico.

Ao introduzir o arranjo instrumental como etapa inerente à criação das canções, ao lado da melodia e da letra, o autor transfere à obra final, registrada no fonograma, a condição de objeto privilegiado da análise semiótica. Para demonstrar suas conquistas concretas no interior deste projeto, Márcio Coelho elabora uma interessante descrição completa de “JackSoulBrasileiro”, famosa composição de Lenine, não sem antes se valer de diferentes interpretações de diversas outras canções para construir, passo a passo, o seu modelo analítico geral.

Este livro constitui igualmente um convite à reflexão semiótica a partir da revisão de alguns de seus conceitos-chave, como existência semiótica, esquema narrativo, língua e fala etc., tendo em vista que o pesquisador percorre a “história” teórica de cada noção selecionada e, nesse processo, não apenas esclarece pontos imprecisos da proposta greimasiana, mas também ajuda a desenvolvê-los numa linha mais consequente para a aplicação. Integra, ainda, as ideias sobre o discurso alheio, elaboradas por M. Bakhtin em outro contexto epistemológico, no interior do arcabouço semiótico, obtendo novos recursos para o exame das práticas de citação, tão difundidas no universo da canção brasileira pós-tropicalista.

Não há duvida de que este trabalho será referência para os estudos cancionais que, aliás, nas últimas décadas, vêm garantindo ao Brasil total hegemonia na área".

Luiz Tatit